Cão dos bombeiros de MG que ajudou em Brumadinho e Mariana morre devido a problemas de saúde

No último fim de semana Thor, um dos cães considerados como melhor em buscas pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, veio a falecer devido a problemas de saúde. O animal contava com diversos problemas de saúde o que fez com que ele acabasse não resistindo. A corporação informou que entre as várias missões que o cachorro esteve presente, ele atuou nas buscas que aconteceram em Mariana devido ao desastre da Samarco, e também atuou na tragédia que aconteceu na cidade de Brumadinho na Região Metropolitana.

O cão era da raça border collie e tinha 5 ano e dois meses de idade. Foi divulgado que a morte do animal foi devido a um septicemia que estava relacionada a um quadro de pancreatite, o animal também apresentava leishmaniose. Os bombeiros informara que Thor também acabou tendo o seu intestino delgado rompido devido a presença de um corpo estranhou o que ocasionou em uma hemorragia.

Os militares informaram que o animal era considerado como uma referencia em buscas de pessoas, durante as várias missões da qual ele participou o animal encontrou diversas pessoas desaparecidas como foi informado. Thor fazia parte do Batalhão de Emergências Ambientais e Respostas a Desastres (BEMAD). O corpo do animal agora será cremado em uma cerimônia fechada.