Repórter da Globo faz discurso contra a homofobia ao vivo

Por meio de uma fala de curta duração, a jornalista Jessica Senra, responsável por apresentar o Bahia Meio Dia, da Globo, deu uma verdadeira aula sobre feminismo. Na ocasião, Senra explicou brevemente os motivos pelos quais se deve combater o machismo e também a homofobia.

A fala da jornalista foi feita depois de dar a notícia de um caso de violência, que aconteceu em Camaçari, localizada na região metropolitana de Salvador. Marcelo Macedo, de 33 anos de idade, foi agredido e alvejado com tiros depois de beijar outro rapaz em um bar da cidade.

De acordo com a vítima, o criminoso questionou Marcelo se ele não se sentia envergonhado por beijar outro homem na frente de “pais de família”. A respeito disso, a jornalista defendeu o beijo e caracterizou-o como uma manifestação de afeto e carinho entre duas pessoas que se amam.

Ainda sobre isso, Jessica Senra apontou que para pessoas homofóbicas, isso soa como uma ofensa a ponto de que elas se sintam motivadas a matar e praticar agressões. Portanto, para Senra, a homofobia pode ser definida como ignorância e falta de lógica.

Na ocasião citada, a jornalista ainda destacou que uma das principais razões para a homofobia está ligada ao machismo, mais especificamente à ideia de superioridade masculina. Portanto, o combate ao machismo precisa ser feito por toda a sociedade.